23 agosto 2011

Resenha Kiss of life

Postado por lilian alipio às terça-feira, agosto 23, 2011
O fenômeno que vem varrendo o país parece estar aqui para ficar. Não são apenas os adolescentes que têm de voltar de suas sepulturas ainda aqui, mas recém-mortos estão sendo descobertos o tempo todo. Enquanto os cientistas procuram respostas e os políticos tomam seu lugar, a população de mortos-vivos de Oakville se uniram em um grupo que está chamando os Filhos de Romero, na esperança de encontrar a solidariedade na segregação.

Phoebe Kendall pode estar viva, mas ela se sente tão perdida e sozinha como seus amigos mortos. Só quando ela reconciliou-se a ter sentimentos por um zumbi -na sua volta para casa encontra Tommy Williams - seu amigo Adam é assassinado a tomar uma bala que era para ela. As coisas ficam ainda mais confusas quando Adam volta do túmulo. Agora ela tem um interesse romântico em dois meninos mortos, aquele que salvou a vida dela e aquele que ela não consegue viver sem.

Depois que Adam levou um tiro para impedir que Peter atire em Phoebe ele acabou se tornando um zumbi ele nem chegou a entrar num caixão que nem diz sinopse ele morreu na hora e voltou a "viver" , Phoebe se sentiu culpada e ficou com raiva de Tommy por que  Peter queria atirar nele e se não fosse por Adam talvez ela estaria morta, finalmente Phoebe percebe que para Tommy ela era a menina que talvez poderia trazer ele de volta a vida com um beijo, mas todos os outros zumbis ainda o acham um herói.Peter foi levado a julgamento por "matar" Adam mas como ele não morreu não teria como acusar ele de assassinato o que uns acharam injusto e outros não, ainda não existe lei que proteja os zumbis se alguém tentar fazer algo contra eles no máximo a pessoa vai fazer algum trabalho voluntário e passar por avaliação psicológica, ao contrário de outros zumbis Adam não chegou a sofrer preconceito por que ele nasceu e cresceu naquela cidade mas muitos ainda acham que os zumbis voltaram a vida por vontade própria.No començo do livro mostra a dificuldade que Adam tem a se adaptar a nova vida a falta de cordenação motora, ele não consegue andar e nem falar mas Phoebe sabe que os zumbis que recebem amor dos pais e dos amigos conseguem voltar ao normal com mais facilidade, o padrasto de Adam parou de maltrata-lo e começou a chamar de filho mas seu meio irmão parece ser o único que não aceitou bem a situação,seu antigo treinador é a pessoa que mais vai ajudar a voltar ao normal.Tommy percebe que Phoebe não esta mais interessada nele então ele decide sair da cidade ele quer que o preconceito que os humanos tem em relação aos zumbis pare então ele vai viajar para conversar com algumas pessoas conhecer zumbis de outros estados e vai deixar Karen e Phoebe tomando conta do site que ele criou, vai pedir para que Adam cuide bem de Phoebe.Peter volta a se meter em confusão ele conheceu um grupo que esta cometendo crimes e colocando a culpa nos zumbis, eles abrem as tumbas dos mortos e matam animais indefesos dizendo que os zumbis estão se alimentando deles, vão fazer de tudo para que os zumbis não tenham espaço na sociedade.
Esse livro focou mais na recuperação de Adam e ainda no preconceito em relação aos zumbis,eu gostei do livro teve algumas pessoas que disseram que não deveria ter continuação mas seria injusto por que o primeiro livro não chegou a ter um final, o próximo livro vai ser contado pelo ponto de vista de Karen a história entre Adam, Phoebe e Tommy termina nesse livro talvez eles até apareçam no próximo livro mas o foco não vai ser o romance entre eles.

5 comentários:

Andreia on 23 de agosto de 2011 10:55 disse...

A capa lembra-me A Bela Adormecida. Em realidade, acho que essa era a intenção do autor ne? '-'

Óptima resenha! ;)

Gabi on 23 de agosto de 2011 14:12 disse...

Parece ser bem interessante esse livro! Adorei a resenha.

Gabi

Thaís Varine on 23 de agosto de 2011 15:52 disse...

Gostei um pouco da capa, mas a história parece ser boa, mas fiquei um pouco confusa hehehe

Beijos

Glaucea Vaccari on 23 de agosto de 2011 22:54 disse...

Achei a história um pouco confusa, mas parece ser interessante.
Bjo

Kézia Lôbo on 29 de agosto de 2011 14:54 disse...

Hummm nao gosto de zumbis.... Cada dia o pessoal está mudando as historias dos clássicos, nao gosto muito disso, mas fazer o que neh?

Postar um comentário

 

Drama Queen Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare